02/03/20 15:00 ●

Seis passos que contribuem na escolha da escola mais adequada para o seu filho

Além das diretrizes da BNCC, os pais devem ficar atentos a alguns fatores desde a educação infantil, ponto de partida para a jornada escolar


Segundo as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), as aprendizagens essenciais na educação devem envolver o desenvolvimento de 10 competências gerais. "A competência é definida como a mobilização de conhecimentos (conceitos e procedimentos), habilidades (práticas, cognitivas e socioemocionais), atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho". É uma diretriz que contribui para a construção de valores, que visam uma sociedade mais justa e humana. Além disso, existem outros aspectos que devem permear a busca pela escola mais adequado para o seu filho desde os primeiros passos.

Para o Colégio Santo Américo, de São Paulo, essa formação tem como ponto de partida, principalmente, a educação infantil, que abrange crianças de 2 a 6 anos. A coordenadora pedagógica, Sandra Pavan, reuniu importantes informações para orientar pais que buscam "a melhor" escola para seus filhos:

• O desenvolvimento de habilidades socioemocionais ajuda a preparar o aluno para a vida e para o trabalho no futuro. Ao visitar uma escola, é importante observar como é a interação entre as pessoas. Ou seja, como os profissionais se comunicam nos corredores; como os professores falam com as crianças nas salas de aula e nos ambientes de convivência; e como as crianças interagem entre si. Saber se o professor olha nos olhos das crianças para dialogar, se as crianças se ajudam em uma brincadeira, por exemplo, são sinais iniciais de como a escola lida com essa questão.

• O espaço físico da escola é outro ponto a considerar, porque criança precisa de lugar para brincar, já que muitas vezes, o aprendizado se dá por meio da brincadeira. É importante que haja o mínimo de recursos naturais, como plantas e árvores, porque estimulam o contato com a natureza. A utilização de materiais não estruturados também ajuda na criatividade das crianças uma vez que eles podem utilizar a própria natureza para construir objetos e brinquedos.

• A tecnologia é um grande aliado na aprendizagem. Isso é fato. Mas, na educação infantil o uso de recursos digitais deve ser mínimo. A criança precisa conhecer primeiro o mundo real e perceber que seu corpo interage com o meio ambiente em que vive.

Estudos recentes mostram que a exposição à luz das telas e a consequente falta de exposição à luz natural piora a qualidade do sono e aumenta a possibilidade de desenvolver miopia, além de contribuir para o sedentarismo e a obesidade infantil. Mais um motivo para priorizar o brincar ao ar livre e estimular a interação. É no convívio com outras crianças e por meio de experiências sensoriais reais que se aprende a reconhecer seus próprios sentimentos e os das outras pessoas.

• O contato com a arte e cultura é essencial para expandir conhecimentos. A criança precisa ser estimulada a isso por meio de passeios a museus e exposições. Aulas de música e arte ajudam no desenvolvimento cognitivo e motor, criatividade, autoconfiança, entre outros.

• Se a escola for integral, os pais podem questionar se existe a promoção da educação alimentar. É importante saber como os alimentos são preparados, servidos e se a cozinha ou empresa fornecedora segue os princípios de uma alimentação saudável, sem introdução de guloseimas e gorduras.

• Muitas escolas têm a Associação de Pais e Mestres (APM) bastante participativa. Fazer parte desse grupo ou acompanhar suas iniciativas é uma forma de estar mais próximo da gestão e do corpo docente da instituição de ensino.
• Se a escola for integral, os pais podem questionar se existe a promoção da educação alimentar. É importante saber como os alimentos são preparados, servidos e se a cozinha ou empresa fornecedora segue os princípios de uma alimentação saudável, sem introdução de guloseimas e gorduras.• Muitas escolas têm a Associação de Pais e Mestres (APM) bastante participativa. Fazer parte desse grupo ou acompanhar suas iniciativas é uma forma de estar mais próximo da gestão e do corpo docente da instituição de ensino.

Contatos dos assessores:

Receba por e-mail o contato dos assessores.

Enviar
Desejo receber informações de marketing.
  • colegio santo americo
  • www.csasp.g12.br/

  • A instituição de ensino, com quase 70 anos de tradição, foi fundada por monges beneditinos e desenvolve uma proposta pedagógica com foco em formação humana, em consonância com as dimensões apresentadas pela Unesco para a educação. Com metodologia participativa de ensino e aprendizagem, o colégio é sustentado pelos pilares de excelência acadêmica e preparação para universidades nacionais e internacionais, além de esporte e de cultura. Mais informações: http://www.csasp.g12.br/